quinta-feira, junho 22, 2006

Garota


Não tenho nada demais a acrescentar sobre esta ilustração. A fiz apenas como treino de desenho mesmo.

Eu quero um coturno novo


Fiz esta ilustração em cima de uma história minha com a Babi... ela ficou fula da vida porque seu coturno (que foi da sua mãe, pra ver como era novinho) estragou, fazendo um furo na parte frontal dele. Então peguei esta idéia e criei esta ilustração... comecei pintá-la mas nunca terminei... um dia eu termino.

quarta-feira, junho 21, 2006

Dona Marocas



Esta lustração eu fiz para minha sogra usar como logomarca da loja dela. Mas no final das contas, o lance da loja não deu certo.
Bem, pelo menos me serviu como experiência.

terça-feira, junho 20, 2006

A Queda



Fiz esta ilustra após assitir o filme "A Queda", sobre os momentos finais de Adolf Hitler, um bom filme, por sinal. Do desenho eu não curti quase nada, tirando o rosto da garota... tentei passar uma idéia dela com o chicotinho parecendo o bigode do Hitler, mas nem a posição do corpo dela, nem o chicote, nem a anatomia me ajudaram, hehehehe... mas enfim, me serviu como experiência. Quem sabe um dia volto a mexer neste desenho.

segunda-feira, junho 19, 2006

Lobos



Este foi um estudo sobre lobos para uma página que eu bolei... postarei em breve. Meu, como é difícil desenhar animais. Foi a primeira vez que fiz um desenho assim e curti bastante... teve gente que gostou e teve gente que não gostou, que achou estilizado demais e que as formas ficaram muito finas... bem, deu empate, hehehehe!!!

terça-feira, junho 13, 2006

O coveiro



Esta ilustração eu fiz por acaso, usando como referência uma foto (que posteriormente, fui descobrir que era a mesma foto de um dos cd's do Nightwish, mas não sei qual). Aí, olhando demoradamente pra ela, me veio muito forte na memória uma linda poesia do Augusto dos Anjos. Para quem não conhece, ele é o maior expoente da nossa escola Simbolista, no âmbito de poesia, é claro.

Esta poesia é uma das mais lindas declarações de amor que eu já li... gosto demais dela!!!

O coveiro
Uma tarde de abril suave e pura
Visitava eu somente ao derradeiro
Lar; tinha ido ver a sepultura
De um ente caro, amigo verdadeiro.

Lá encontrei um pálido coveiro
Com a cabeça para o chão pendida;
Eu senti a minh' alma entristecida
E interroguei-o: "Eterno companheiro

Da morte, quem matou-te o coração?"
Ele apontou para uma cruz no chão,
Ali jazia seu amor primeiro!

Depois, tomando a enxada, gravemente,
Balbuciou, sorrindo tristemente:
"-Ai, foi por isso que me fiz coveiro!"

Augusto dos Anjos

sexta-feira, junho 09, 2006

Esboço verde!!!


Este desenho me agradou, apesar do sangue nas costas do cara... isso não me agradou muito. Minha idéia foi a dele ter arrancado suas próprias asas... porém, não deu muito certo
Eu gosto muito deste desenho por ter conseguido passar nele justamente o que eu queria... uma ar de mistério e androgenia. A melhor prova disso foi mostrar por aí, nos fóruns de quadrinhos da vida. O pessoal achou o personagem bastante andrógino e algumas vezes chegaram a me perguntar se era mesmo homem ou se era mulher, porque não sabiam ao certo. Fiquei bastante contente com este desenho.Outro fato também curioso é que me disseram que ele lembrou muito um personagem do filme animado Cowboy Beebop. Não sei o nome do personagem porque não cheguei a assisir a este filme ainda... mas em breve, porque só tenho boas referências em relação a ele!!!

segunda-feira, junho 05, 2006

Amanhecer


Mais um estudo de desenho... apesar de não ter gostado das asas que fiz, achei que as formas dela ficaram muito bonitas.